A série “Atlanta” introduziu um Justin Bieber negro. Durma com essa.

A temporada de estréia de “Atlanta”, criada por Donald Glover já introduziu vários elementos que brincam com a realidade, mas um episódio passou dos limites. A série fez um Justin Bieber preto.

No episódio “Nobody Beats The Biebs”, este personagem, devidamente chamado Justin Bieber, é uma estrela pop que adora fazer cena e jogar basquete. Em um ponto, Bieber começa a urinar abertamente entre uma multidão de pessoas enquanto ri. Claro, ninguém o impede.

Um dos personagens principais, o Paper Boi, um rapper ascendente, marca Bieber em um jogo de basquete de caridade – uma cena em que o ator Jaleel White faz uma breve aparição.

O Bieber da série é um jogador muito bom, mas irritantemente veste o número “23” (número de Michael Jordan e do LeBron James) enquanto também fala com seus oponentes.

Aqui está Justin Bieber jogando contra o nosso querido Paper Boi:

57ebb59a1b00003007ef2c72.png
ATLANTA

Nervoso com o comportamento do “Black Bieber”, Paper Boi inicia uma briga com a jovem estrela na quadra. A mídia que cobre o evento obviamente perdoa Bieber, porém, algo mais acontece na coletiva de imprensa além do pedido de desculpas.

Na conferência, Bieber começa a cantar sua mais nova música na frente da imprensa, e a multidão o ama. (Glover forneceu os vocais para o personagem).

Apesar de ter parte na luta, aparentemente ninguém se preocupa com Paper Boi e toda a atenção é para o Bieber. Uma jornalista diz ao Paper Boi que ele deveria ser mais malvadão (o famoso “badass”) porque ninguém quer odiar o jovem Bieber. Ser odiado é uma missão para um rapper gangster.

Não está bem claro o por que a série lançou Justin Bieber como um personagem negro, mas provavelmente é uma satíra sobre a famosa apropriação da cultura negra feita pelo verdadeiro Bieber, também sobre o hábito de Hollywood de reduzir os papéis das ditas minorias. Com este personagem, Glover enfatiza a forma como a mídia pode aceitar os comportamentos bizarros do Bieber da vida real e como isso provavelmente é o resultado de seu privilégio branco.

O Huffington Post publicou uma história em 2014 intitulada “A transformação de Justin Bieber de um jovem branco para um homem negro“. O artigo concluiu que músicos brancos como Bieber “podem aproveitar os benefícios de “parecer preto “sem suportar a carga racial de um”.

O próprio Bieber disse ao The Hollywood Reporter em 2013: “Estou muito influenciado pela cultura negra, mas eu não penso nisso como preto ou branco.” Ele continuou: “Não sou eu tentando agir ou de uma certa maneira. É um estilo de vida – como uma suavidade ou um swag, per se“.

O show também satiriza as verdadeiras barbáries do Justin. Em 2013, Bieber urinou em um balde de um restaurante. Então, em 2014, um vídeo surgiu de um Bieber, de 14 anos, cantando repetidamente “One Less Lonely Nigger“. Nos últimos anos, Bieber esteve em uma turnê de desculpas, sempre reafirmando que é inaceitável muitos de seus  comportamento passados e, claro, lançando o single “Sorry”.

Se o cantor é realmente apologético é questionável. No ano passado, ele mesmo disse a GQ que “Sorry” não deveria ser sua desculpa para o mundo. Ainda assim, como o “Atlanta” Bieber, os fãs parecem não se importar se ele é falso ou não.

Aqui está a nova música do Justin Bieber, a voz é do Glover:


Texto original: Huffpost

Tradução: João Redmann


Para críticas, sugestões e/ou elogios, acesse nosso formulário de contato ou mande-nos um email: talktodavecast@gmail.com

Entre no nosso Grupo do Telegram!

Curta nossa página do Facebook!

 

Deixe um comentário!